Empresa se consolida como a maior expositora da feira e apresenta soluções para todos os tipos de missão, incluindo aeronaves a pistão, turbo-hélices, jatos e helicópteros.

 A TAM Aviação Executiva, representante oficial no Brasil das fabricantes Beechcraft, Cessna e Bell Helicopter, além da líder mundial em treinamentos FlightSafety, mostra toda a sua força e a de suas parceiras na LABACE 2017. A empresa traz 9 aeronaves para a feira e se consolida como a maior expositora do evento, que é considerado o maior do setor na América Latina.

Os modelos expostos incluem aeronaves a pistão, turbo-hélices, jatos e helicópteros. Destaque para o jato Citation Latitude, um dos mais aguardados modelos da Cessna e que acaba de ser certificado pela ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), e para o helicóptero Bell 505 Jet Ranger X, cujo mock up já esteve no país, mas que vem ao Brasil pela primeira vez em sua versão final. Os visitantes da feira poderão ver ainda os modelos 182T Skylane, Baron G58, Grand Caravan EX, King Air 350i, Citation M2, Citation CJ3+, além do Bell 429.

“É o evento mais importante do ano para a aviação executiva brasileira. Podemos dizer que é o ponto de partida para a concretização e até mesmo para a criação de novos negócios. Faz todo sentido que venhamos com força máxima”, afirma Leonardo Fiuza, Presidente da TAM Aviação Executiva. O entusiasmo da empresa com relação ao evento fica ainda mais evidente quando se observa que quase um terço do seu portfólio de aeronaves executivas, o maior do país, estará em exposição na feira. “Os melhores e mais avançados produtos do segmento estão aqui e a LABACE é a oportunidade do mercado para vê-los de perto”, completa Fiuza.

Segundo o executivo, o evento acontece em um momento importante, no qual os negócios começam a dar sinais de recuperação. “Atualmente, apesar de sermos conservadores em análises, estamos um pouco mais otimistas com 2017 em relação ao ano passado. Percebe-se uma procura maior do que há alguns meses, os negócios já voltaram a ser concretizados em prazos menores; porém, notamos que o cliente ficou ainda mais exigente e, mais do que nunca, procura segurança na negociação. Melhor preço, melhor condição, suporte e segurança na operação são alguns diferenciais que pesam na hora de fechar negócio, e é este pacote completo que buscamos oferecer aos nossos clientes”.

Este ano, a participação da TAM Aviação Executiva na LABACE traz ainda uma mudança importante: a empresa brasileira e as suas representadas americanas estarão no mesmo espaço, com um estande conjunto, o que, segundo Fiuza, é possível graças à solidez das parcerias: “Esta reunião acontece em um momento ímpar, no qual completamos 35 anos de parceria com o grupo Textron, este gigante mundial da aviação e detentor das marcas Beechcraft, Cessna e Bell Helicopter. Além disso, esta união de forças resulta em um apoio total para o cliente, que se sente muito mais seguro e confortável para fazer negócios.”, conclui.

E se a venda de aeronaves executivas dá sinais de recuperação, os outros serviços que integram o portfólio da TAM AE não ficam atrás. “Quando o mercado reage, toda a rede de serviços ligados à aviação executiva responde. Se há mais voos, o número de atendimentos cresce, as oficinas de manutenção recebem mais aeronaves e o número de tripulantes treinados também aumenta. E neste cenário de demanda crescente, é natural que se sobressaia quem tem a melhor oferta de serviço,”, destaca Fiuza. “Confiamos na qualidade dos nossos serviços e acreditamos que o crescimento que temos registrado na venda desses adicionais torne-se mais perceptível a partir do segundo semestre, quando os negócios costumam estar mais aquecidos”, completa.

É neste clima conservador, porém, otimista, que a TAM AE participa da edição 2017 da LABACE. Confira a gama de produtos e serviços oferecidos pela empresa.

 Venda de aviões, helicópteros e treinamentos

Primeiro lugar em vendas de aeronaves executivas do país, a TAM AE dispõe de um amplo e variado portfólio de produtos, composto por 30itens entre modelos de asa fixa (aviões mono e bimotores a pistão, turbo-hélices e jatos executivos) e de asa rotativa (entre monoturbinas, biturbinas e helicópteros parapúblicos), que atendem às mais diversas necessidades e perfis de clientes.

Para o diretor comercial da TAM AE, Rafael Mugnaini, apesar da crise econômica brasileira, o cenário é positivo. “O Brasil é um mercado importante e com excelente potencial de negócio. Somos o segundo maior mercado da Textron no mundo, atrás apenas dos EUA. Além disso, fomos responsáveis por mais de 70% das vendas de todos os helicópteros novos comercializados no Brasil no ano passado. Com a Beechcraft, em um ano e meio de representação, já concretizamos a venda de modelos de todas as categorias da fabricante: Baron, Bonanza e King Air. Esse resultado positivo ocorre porque as aeronaves que comercializamos, além de carregarem a chancela das mais tradicionais fabricantes do setor, ainda possuem atributos muito apreciados pelo mercado brasileiro, como amplo espaço interno, muita potência e baixo custo operacional”.

Interior photography of the Textron Beechcraft King 350i. Beechcraft Field Hangar B30 Wichita, KS – USA

A grande novidade neste ano é o novo sucesso de vendas da Bell, seu novo helicóptero Bell 505 Jet Ranger X. Pela primeira vez a aeronave está em território brasileiro, e esperamos um forte volume de vendas impulsionado pela LABACE. O potencial do Brasil para este helicóptero é enorme, sendo que o Brasil até o momento já figura como segundo lugar em volume de vendas mundiais.

Além das aeronaves, há uma ampla variedade no que diz respeito a treinamentos. Com a representação da FlightSafety, maior empresa de treinamento em simuladores do mundo, a TAM AE oferece o que há de mais atual em capacitação e cursos para pilotos, empresas, técnicos em manutenção e comissários de bordo. Sua estrutura inclui 40 centros de treinamento, em 10 países, e mais de 100 simuladores certificados pela ANAC.

A FlightSafety realiza mais de 1,3 milhão de horas de treinamento por ano, com mais de 320 simuladores espalhados por 167 países.  

Manutenção

A unidade de Manutenção da TAM AE ganha cada vez mais relevância e já desponta como uma das maiores geradoras de receita da companhia. A empresa, que já detinha o maior parque de manutenção de aeronaves executivas da América Latina, com instalações em Jundiaí (maior Centro de Manutenção da América Latina), Belo Horizonte e Aracati, assume desafios ainda maiores. Desde o início do ano, a TAM AE passou a ser responsável pelos atendimentos do sistema 1Call, da Textron Aviation, em que toda aeronave que necessite de apoio técnico em campo (AOG) no Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai e Chile tem seu suporte coordenado pela TAM AE, que provê o atendimento por meio do Centro de Serviços Textron local ou enviando seus técnicos aonde se fizer necessário.

Segundo Ruy Amparo, Diretor de Manutenção da TAM AE, “a proximidade com Centros de Serviços parceiros nesses países, abriu um leque de novas oportunidades e clientes”.

O executivo afirma ainda que a nomeação como Centro de Serviços Textron para a linha King Air contribui para o resultado positivo da unidade de negócio: “No ano passado, a partir da nossa nomeação, tivemos uma expressiva alta no número de aviões atendidos na nossa unidade de Jundiaí. Estamos agora no processo de homologação da nossa Base no Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, para manutenção plena das aeronaves King Air. A expectativa é estarmos com as necessárias autorizações da ANAC e a pleno funcionamento ainda neste ano”, explica o executivo.

Já o Centro de Manutenção em Aracati, homologado pela ANAC e pela FAA, tem atendido a linha Citation de clientes das regiões Norte e Nordeste do país. Seguindo o planejamento estratégico da unidade, está prevista a homologação de toda a linha King Air para o primeiro semestre de 2018.

Bell 505

 Fretamento, gerenciamento e administração de aeronaves

A TAM Aviação Executiva dispõe de uma frota moderna e tem como lema sua opção pelo crescimento orgânico e sustentável, prestando sempre o melhor serviço.

“Estamos crescendo de forma estruturada e em linha com todas as regras vigentes na aviação, antecipando tendências e modelando nosso negócio à demanda de mercado. A maior preocupação da TAM AE, no atendimento ao cliente, é a segurança da operação. Precisamos garantir a segurança dos nossos clientes em primeiro lugar. Além disso, é claro, o atendimento personalizado também marca a nossa atuação no mercado, nos diversos ramos que atuamos, como FBO, fretamento, gerenciamento e administração de aeronaves”, destaca Heron Nobre, responsável pela área de serviços aéreos e FBO da TAM AE.

A companhia segue rigorosamente a regulamentação local e as práticas internacionais da aviação, sendo a empresa brasileira que mais atua em comitês internacionais de segurança no mundo.

_______________________________________________________________

 

FBO doméstico e internacional

Com o objetivo de ampliar ainda mais a oferta de produtos e serviços para seus clientes, a TAM Aviação Executiva trabalha em uma série de inciativas no segmento de FBO.

A empresa continua investindo e expandindo sua estrutura de atendimento aeroportuário. Presente em todos aeroportos das capitais brasileiras, a TAM AE colocou à disposição dos clientes todos os serviços necessários para a operação das aeronaves, incluindo hangaragem, processo de alfândega e imigração, coordenação de voo 24 horas por dia, 7 dias por semana, planejamento de voo, licenças e coordenação para abastecimento de aeronaves, serviço de catering. Vale ressaltar ainda as parcerias com os principais players de trip support services e operadores internacionais, tornando-se um dos maiores provedores de atendimento aeroportuário do tráfego internacional de aeronaves executivas que entram e saem do país. Tudo isso para garantir um serviço completo a cada viagem, com conforto, segurança e comodidade.