Entenda por que aeronaves privadas fazem parte da rotina de profissionais bem sucedidos

O Brasil conta com mais de 15 mil aeronaves particulares, de acordo com a Associação Brasileira de Aviação Geral (Abag), o que representa a segunda maior frota global. Considerando apenas a aviação executiva, o país é o terceiro maior mercado mundial.

Entre os usuários desse serviço, grande parte é formada por indivíduos que usam da aviação executiva como uma ferramenta de trabalho. Isso porque, sejam aeronaves próprias ou fretadas, elas oferecem uma série de vantagens a seus usuários. O diretor de vendas de aeronaves da Líder Aviação, Philipe Figueiredo, enumerou os principais benefícios que a aviação executiva oferece. Confira:

Eficiência

Algumas aeronaves executivas chegam a voar a uma velocidade superior à dos aviões comerciais.  Mas o maior ganho de tempo está na agilidade em todas as etapas. “Experimente marcar quantos minutos ou horas você perde aguardando embarque e desembarque em uma linha aérea comercial. De questões burocráticas à logística das bagagens, todo esse tempo pode ser convertido em produtividade e em negócios quando se utiliza a aviação executiva”, garante Philipe.

Outra vantagem é a abrangência da aviação executiva. Ainda segundo Abag, as linhas aéreas comerciais chegam a apenas 137 dos 3.665 aeródromos brasileiros, enquanto a aviação executiva pode ir a qualquer aeródromo homologado. “Em um país com dimensões continentais, saem na frente as empresas que podem contar com a agilidade e capilaridade que um avião particular proporciona”, ressalta Philipe.

 Flexibilidade

A aviação executiva oferece a seus usuários a possibilidade de cumprir agendas que não seriam possíveis se a viagem fosse feita em linhas aéreas regulares. “Você tem a possibilidade de estar em Florianópolis pela manhã, realizar reunião na hora do almoço em São Paulo e fechar um negócio em Fortaleza antes de o dia acabar”, exemplifica.

O diretor explica ainda que, ao voar em uma aeronave privada, tem-se total controle da agenda, o que significa poder decolar a qualquer momento. “Se houver alguma mudança de última hora nos planos, basta informar a alteração na rota ou o horário de embarque e a tripulação estará pronta para decolar quando o proprietário quiser”.

 Conforto

Se, há alguns anos, o simples fato de voar era sinônimo de luxo, hoje a aviação executiva redefine o conceito de uma experiência exclusiva e customizada. “Conhecemos as todas as preferências dos clientes e não medimos esforços para que tudo esteja como eles esperam – da temperatura da cabine às preferências no momento do desembarque”, afirma Philipe. Quem opta por um serviço de bordo, por exemplo, pode escolher o que deseja, sem cardápio fechado ou embalagens lacradas a vácuo. “São pessoas que valorizam um ambiente em que possam relaxar, entreter-se ou mesmo continuar trabalhando durante a viagem”, acrescenta.

Privacidade

Pessoas públicas e celebridades frequentemente sofrem com o inconveniente de chamar a atenção em viagens de avião. Para ter total privacidade, a aviação executiva é a melhor escolha. Nesse caso, os passageiros podem evitar os terminais comerciais e relaxar na Sala Vip do hangar, como se estivessem em casa ou no escritório. “Nossos clientes podem descansar em nossas instalações e embarcar quando quiserem, com toda tranquilidade”, explica Philipe.