Piper M600 chega no terceiro trimestre

    A entrada em serviço do mono turboélice  M600 da  Piper Aircraft foi adiada para o terceiro trimestre deste ano, devido a metas com o processo de certificação.

    O avião de seis lugares foi lançado pelo fabricante norte americano em abril de 2015, e tinha sido originalmente programado para entrar em serviço no mesmo ano.

    O M600 (Meridian) é baseado na plataforma do  M500, com uma asa redesenhada, tecnologias avançadas de gestão de combustível digital e um interior reestilizado.

    O M600 vem com uma gama de melhorias comparando ao sue antecessor, como maior alcance de 1,200nm (2220 km) e  250kt (463 kmh) velocidade (Vmo) com carga minima, números estes que só foram possíveis de alcançar com algumas modificações na estrutura da asa.

    Os ensaios de voo está definido para retomar em breve, e Piper está confiante que a aeronave modificada irá corresponder a suas expectativas e promessas de desempenho.

    TRAINING2_2987
    O Meridian M600 será primeira aeronave turboélice a usar o Flight Deck Garmin G3000.

    O M600 usa um motor turboélice  Pratt & Whitney Canada PT6A-42A e tem um peso máximo de decolagem de 2.720 kg (6,000lb) e uma velocidade de cruzeiro de 274kt (velocidade real) e vem para concorrer contra o Daher – TBM900, custando algo em torno dos U$ 2,85 milhão e é também a primeira aeronave turboélice a usar o Flight Deck Garmin G3000.

    Fonte e Fotos: Piper Aircraft

    Deixe uma resposta