Parceria entre Petrobras e Embraer aumenta segurança em poços submarinos


    Rigorosos padrões de segurança nas operações caracterizam tanto a indústria de petróleo e gás quanto a de aviação. Uma parceria firmada entre a Petrobras e a Embraer com o objetivo de trazer para a indústria de óleo e gás os aprendizados do setor aeronáutico já mostra resultados, promovendo avanços relacionados à segurança de poços submarinos. Os ganhos obtidos com a parceira serão apresentados a operadores offshore convidados e representantes da Associação Internacional das Empresas de Perfuração (IADC), nesta sexta-feira (5/5), em Houston, em seguida à Offshore Technology Conference (OTC).

    Entre as inovações desenvolvidas está a revisão e melhoria do projeto de válvula do tipo SPM, de fabricante de BOP (Blow-Out  Preventer), que já está disponível no mercado. A nova válvula leva a um aumento na confiabilidade, garantindo um menor número de falhas no BOP, aumentando a segurança operacional e reduzindo a probabilidade de atraso nos projetos.

    Outros resultados do projeto são melhorias nos cálculos do Safety Index (probabilidade de completar fase do poço sem falha no BOP) e da confiabilidade do sistema para atividades de perfuração e completação; a identificação do componente mais crítico para aumentar a confiabilidade do sistema BOP e a identificação de oportunidade e desenvolvimento de projeto conceitual de nova válvula reguladora, com enfoque em confiabilidade.

    O projeto foi assinado em 2014, durante a OTC e teve como foco da primeira fase o BOP, dispositivo responsável por garantir a vedação dos poços de petróleo, prevenindo vazamentos.

    Deixe uma resposta