Latam reestrutura dividas e inicia processo de seleção de comissários

    LATAM informa que TAM Capital 3 Inc, empresa controlada pela TAM S.A por meio de sua filial TAM Linhas Aéreas S.A, e que consolida suas declarações financeiras como LATAM, anunciou o resgate total de seus bônus não garantidos de 8.375% com vencimento em 2021, e que foram emitidos em 3 de junho de 2011

    Adicionalmente, a LATAM anuncia a emissão futura de, aproximadamente, US$ 350 milhões em bônus locais chilenos não garantidos com vencimentos em 2022 e 2028

    Essas ações reforçarão ainda mais a estrutura de capital da LATAM, diminuindo seu custo misto de dívida

    LATAM Airlines Group S. A e suas filiais (“LATAM” ou a “Companhia”) (NYSE: LFL; IPSA: LAN), informa que a TAM Capital 3 Inc., empresa controlada pela TAM S.A. por meio de sua filial TAM Linhas Aéreas S.A., e que consolida seus resultados financeiros como LATAM, anunciou o resgate total de seus bônus não garantidos cuja taxa é de 8,375%, com vencimento em 3 de junho de 2021, por um total de US$ 500 milhões.

    LEIA TAMBEM:

    Artigo 1: Latam inicia primeira seleção interna de comissários, pode ser a chance de sua vida!

    Artigo 2:  Assista a live do Alexandre Scoth falando sobre a seleção Latam para comissários!

    O financiamento desta transação virá, de maneira parcial, da emissão de bônus não garantidos colocados no mercado local por aproximadamente US$ 350 milhões, denominados em unidades de fomento, com vencimentos nos anos de 2022 e 2028, enquanto que o saldo faltante virá de outras atividades de financiamento e de saldo de caixa da companhia.

    Esta reestruturação de passivos melhorará ainda mais a estrutura de capital da LATAM, mantendo a sua solidez de caixa. Isto representa uma notícia positiva para a LATAM; a transação trará economias financeiras sobre a atual taxa de 8,375% e reduzirá as obrigações financeiras para o ano de 2021 em US$ 500 milhões, enquanto se estende o vencimento da dívida existente.

    Uma vez concluídas estas transações, a LATAM terá concluído o processo de refinanciamento dos bônus seniores adquiridos pela TAM e que foram emitidos antes da associação entre LAN e TAM. Este processo teve início no ano de 2015, quando foi realizada outra operação de liability management de US$ 500 milhões, que consistiu no resgate de bônus seniores não garantidos emitidos pela TAM Capital 2 Inc., cuja taxa era de 9,5% e com vencimento no ano de 2020, e mais recentemente, com o pagamento final em abril de 2017 dos bônus seniores não garantidos emitidos por TAM Capital Inc., por um montante total de US$ 300 milhões, a uma taxa de 7,375%.

    “Estas transações resultarão em uma estrutura mais sólida para a LATAM. Vamos promover na companhia uma significativa economia e uma melhor estrutura de financiamento, que, combinada com outras iniciativas de financiamento já implementadas – entre elas, a bem sucedida emissão de US$ 700 milhões – deixa-nos em uma posição financeira muito mais sólida do que há um ano, por exemplo”, afirma Ramiro Alfonsín, CFO do Grupo LATAM Airlines.

    A Latam também prepara um processo de seleção de comissários para esse segundo semestre de 2017, iniciando pela seleção interna.

    Formulário de Contato Aviação e Mercado
    Muito obrigado por entrar em contato com a equipe Aviação e Mercado. Em breve lhe retornaremos.

     

    Deixe uma resposta