GULFSTREAM G500 COMPLETAMENTE EQUIPADO POUSOU EM PARIS.

O Avião de teste obteve dois registros entre cidade em comemoração ao 90º aniversário de vôo transatlântico realizado por Lindbergh. O Voo realizado partiu de Savannah para Paris. A aeronave voou entre as duas cidades em 7 horas e 40 minutos, cobrindo a distância de 3.788 milhas náuticas / 7.015 quilômetros a uma velocidade média de Mach 0,90.

Em comemoração ao 90º aniversário do primeiro voo transatlântico de Charles Lindbergh, realizado em 21 de maio de 1927.

O mesmo G500 também conseguiu um flyover entre Nova York e Paris. A aeronave voou 3.166 nm / 5.863 km em Mach 0,90, resultando em um vôo de 6 horas e 21 minutos.

Na pendência da aprovação da Associação Nacional de Aeronáutica dos EUA, os registros serão realizados na Fédération Aéronautique Internationale na Suíça para reconhecimento como recordes mundiais.

“O G500 e seu irmão maior, o Gulfstream G600, são perfeitamente adequados às suas melhores velocidades e confortos na cabina “, disse Scott Neal, Presidente, vendas mundiais, Gulfstream.

A prática da Gulfstream de incorporar a inovação ao design é inerente ao G500. Enquanto estava nos estágios iniciais de desenvolvimento, a Gulfstream construiu um convés para simular o voo e o interior da cabina em cenários de voo em tempo real em solo. Como resultado, os avanços feitos no laboratório foram implementados na aeronave de teste equipada, A cabine teste fez milhares de horas de testes muito antes de seu primeiro vôo ocorrer na prática.
Em vôo, o G500 equipado será usado para avaliar a experiência completa do passageiro para o ajuste,
Flexibilidade, durabilidade e conforto. Como em as aeronaves Gulfstream, cada cabine G500 será customizada de acordo com as preferências de projeto de cada cliente  e requisitos de missão. Assentos para até 19 passageiros em três áreas de estar, o G500 tem lavabos na a frente e  atrás, uma cozinha que pode ser situado frente ou à popa e janelas panorâmicas. Conforme anunciado anteriormente,
O G500 está no bom caminho para entrar no serviço ainda este ano.