Guerra da Malvinas, 35 anos, valeu a pena matar 907 pessoas?

    Na edição 7 de Aviação e Mercado, Robinson Farinazzo, faz uma analise aprofundada em 16 páginas de excelente conteúdo composto, por texto, vídeos e lindas fotos, que demonstram erros e acertos de ambos os lados e o que isso pode ser útil ao nosso dia-a-dia.

    ABRA AQUI A AVIAÇÃO E MERCADO 7

    O conflito travado entre argentinos e britânicos pela posse do arquipélago das Falklands/ Malvinas durou apenas 11 semanas, de abril a junho de 1982 mas trouxe profundas transformações à Argentina. Nela foram a pique, junto com o velho cruza – dor General Belgrano, as ambições políticas e militares da Junta Militar que governava o país desde 1976.

    ABRA AQUI A AVIAÇÃO E MERCADO 7

    Não menos importante, teve como contraponto evidenciar o valor de forças militares profissionais como as britânicas que, embora pequenas, se sobressaíram contra efetivos maiores em virtude de seu treinamento e organização, de vez que no quesito equipamento militar, havia um tênue equilíbrio entre as partes contendoras, tendendo ligeiramente para o lado inglês.

    ABRA AQUI A AVIAÇÃO E MERCADO 7

    Deixe uma resposta