O diretor-presidente afirmou que o fim da cobrança de franquia de bagagem representa a adequação do setor aéreo brasileiro às normas internacionais

A Gol passará a oferecer duas classes tarifárias para suas passagens aéreas, uma para quem viajará apenas com bagagem de mão e outra para os viajantes que optarem por despachar malas, afirmou nesta sexta-feira, 17, o diretor-presidente da empresa, Paulo Sergio Kakinoff.

Durante teleconferência sobre os resultados do quarto trimestre de 2016, o executivo afirmou que o fim da cobrança de franquia de bagagem nas passagens representa a adequação do setor aéreo brasileiro às normas internacionais.

“Vai ficar muito claro ao cliente qual o preço regular da tarifa e o valor sem despachar a bagagem”, disse.

A empresa passará a oferecer uma classe tarifária mais barata para os clientes que não forem despachar bagagens e disponibilizará, separadamente, a opção de adquirir uma franquia, que será calculada por unidade, seguindo as dimensões e peso.

Clique e leia gratuitamente todas as edições da aviação e mercado