FERNANDO DE NORONHA – HISTÓRIA, BELEZA E VÔO PANORÂMICO.

Texto: Paulo Machado

O arquipélago de Fernando de Noronha é um dos destinos mais belos do Brasil e, com muita frequência, sites especializados em avaliação de locais turísticos e diversos turistas brasileiros e estrangeiros classificam suas praias entre as mais belas do mundo. Mas Noronha não tem apenas beleza natural por conta de suas praias, piscinas naturais e seu ecossistema. A história do arquipélago é belíssima e antiga, além de também ter uma forte ligação com a aviação. Para se apreciar a uma vista maravilhosa do local, o segredo está escondido na chegada ao espaço aéreo de Fernando de Noronha. Além disso, o paraíso é cada vez mais procurado pelos turistas que podem contar com diversos passeios turísticos.

“O paraíso é aqui” e mais histórias

Foto de praia de Fernando de Noronha

Foto de praia de Fernando de Noronha

A história do arquipélago se dá desde o ano 1500, quando Juan de La Cosa, cartógrafo espanhol registrou em uma carta náutica a sua passagem por ali, mas apenas no ano de 1503, ano em que um dos maiores navegantes de sua época – Américo Vespúcio – aportou na ilha principal e disse a frase “O paraíso é aqui” é que levamos em consideração como o ano de sua descoberta oficial. Avançando no tempo até chegarmos aos anos 1930, época que se dá início à história do aeroporto de Fernando de Noronha (FEN) para pequenas aeronaves, mais precisamente no ano de 1934 e, mais tarde, ampliado em 1975 para que outros modelos como o Boeing 737, por exemplo, pudessem pousar no aeroporto. Por certo período, devido ao desgaste da pista, os pousos no aeroporto foram limitado apenas a aeronaves como o Bandeirante e o Brasília. Hoje as companhias aéreas utilizam os modelos Embraer 175 e 190 para os voos até lá. O aeroporto fora construído originalmente para servir de base para a Força Aérea Estadunidense que, aproveitando de sua localização estratégica entre a América do Sul, Europa e África, fez das ilhas um ponto de observação e patrulhas aéreas que pudessem identificar aeronaves inimigas que visavam atacar à costa brasileira durante a Segunda Guerra Mundial. Existem registros de pilotos que ousaram e conseguiram com sucesso aterrissar no solo do paraíso e também decolar antes mesmo de existir ali uma pista de pouso.

Linhas aéreas para Fernando de Noronha

Embraer 175 da Azul

Embraer 175 da Azul

Atualmente apenas duas companhias aéreas possuem voos para o arquipélago por meio de voos domésticos, a Gol e a Azul, e saem direto de Natal no Rio Grande do Norte, viagem que pode levar em média 55 minutos e também de Recife em Pernambuco, viagem esta que pode durar por volta de 1 hora e mais 20 minutos. Não há nenhuma linha aérea internacional para aeronaves vindas de outros países. Agora você deve se perguntar por qual motivo que a viagem é mais longa partindo de Recife, mesmo estado onde ficam localizadas as ilhas de Noronha do que de Natal, outro estado, o Rio Grande do Norte. Pois bem, se analisarmos cuidadosamente a um mapa do Brasil, perceberemos que geograficamente o arquipélago está mais próximo do litoral potiguar que do litoral pernambucano. Apesar de apenas estas duas capitais brasileiras terem voos diretos para Noronha, as companhias aéreas vendem passagens para lá a partir de aeroportos de qualquer outra capital, a diferença é que quanto mais distante for o ponto de partida, maior o número de escalas em outros aeroportos, podendo variar de uma a duas escalas, sendo uma delas obrigatoriamente Natal ou Recife.

Turismo em Noronha

Uma das belezas naturais de Fernando de Noronha

Uma das belezas naturais de Fernando de Noronha

O Paraíso de Noronha possui o imenso e belo Parque Nacional Marinho, mais de vinte belas praias, sendo algumas delas situadas no Mar de Dentro – praias voltadas para o Brasil – e outras no Mar de Fora – praias voltadas para o continente africano –, ilhas isoladas não habitadas e muito mais. Em Fernando de Noronha o turista pode curtir a belos e marcantes passeios de barcos em torno da ilha principal que leva o mesmo nome do arquipélago ou até mesmo em torno das ilhas não habitadas, às vezes até com direito a mergulho em alguns destes passeios, caso o turista tenha ao menos o curso básico de mergulho. Pode ainda alugar um buggy ou moto se preferir, que são super válidos ao tomar a decisão de ir de um extremo ao outro da ilha. Pode visitar diversos pontos turísticos como o Forte Nossa Senhora dos Remédios situada na Vila dos Remédios, o Forte São Joaquim do Sueste, este localizado ao sul da ilha principal junto do Parque Nacional Marinho, A Ponta do Caracas e diversos mirantes, entre eles o Mirante dos Golfinhos. E você já deve imaginar o motivo de este pedacinho do paraíso ter sido batizado com este nome, não é mesmo?

Em Noronha existe uma imensa lista de pousadas e hotéis que variam e muito no nível de simplicidade até de sofisticação. Para alimentar-se o turista também conta com uma grande diversidade de restaurantes, mas que, infelizmente não são econômicos, uma vez que se gasta uma boa quantia em dinheiro para uma simples refeição.

As noites de Noronha não são muito badaladas, apesar de ter uma ou outra baladinha, mas o turista encontra com maior facilidade alguns bares com música ao vivo, ou outros onde pode apenas ir para beber e petiscar algo durante o vai e vem de uma conversa com os amigos, além de estar sempre em contato com outros turistas e assim, estar em terreno propício para conhecer a novas pessoas.

Há também a fauna e a flora que podem ser apreciadas em todos os lugares de Noronha e apreciar principalmente animais que não são comuns aqui pelo continente, como os gatos selvagens de Noronha, algumas aves maravilhosas como o cocoruta e o Noronha vireo, cardumes e golfinhos também se fazem presentes por lá. Quanto à flora, áreas verdes estão por todos os lugares. Belas árvores à beira mar e encobrindo as montanhas fazem aquela sombrinha oferecendo uma trégua do sol longe dos bares.

Voo panorâmico em Fernando de Noronha

Imagem do aeroporto de Fernando de Noronha

Imagem do aeroporto de Fernando de Noronha

Sim! E sabe aonde encontrar esse passeio por lá? Na realidade não existe nenhuma empresa que ofereça voos panorâmicos pelo arquipélago como há em outras cidades costeiras ou até mesmo capitais não banhadas pelo mar, como São Paulo e Curitiba. Então você se pergunta “como vou poder apreciar a beleza de Fernando de Noronha dos céus deste paraíso?”. O segredo está em seu voo que parte de Natal (NAT) ou Recife (REC). Ao se aproximar do espaço aéreo das ilhas de Noronha, os pilotos não costumam ir direto ao ponto, ou seja, posicionar a aeronave para pouso. Eles dão um belo presente para os passageiros a bordo: uma ou duas voltas em torno do arquipélago antes de pousar para que os passageiros possam sentir aquele arrepio só de avistar toda a beleza daquele paraíso dos céus, mas fiquem atentos, apenas aqueles passageiros dos acentos da esquerda terão esse privilégio, enquanto os sentados à direita continuarão a apreciar a vista do mar. “Poxa, mas já garanti a minha passagem e meu acento é do lado direito, e agora?”. Tenha calma, certifique-se de também garantir o seu acento do lado direito na volta para o continente, pois os pilotos fazem a mesma volta panorâmica em torno destas ilhas, só que desta vez no sentido contrário. Assim, aqueles nos acentos da esquerda também terão a sua vez de vislumbrar o mar.

Curiosidades de Fernando de Noronha

O arquipélago é na verdade o topo de uma cadeia de montanhas submersas, do tipo montanhas vulcânicas, sim acredite. Que o seu clima é quente durante o ano todo nós já imaginávamos, mas vale ressaltar que o meio do ano é o período mais chuvoso em Noronha. As praias deste paraíso são propícias para a prática do surfe, um dos esportes em alta no Brasil e também para a prática de outros esportes. A economia noronhense gira em torno do turismo. Apesar de ser uma ilha distante do continente, lá os moradores levam uma vida de cidadão de cidade pequena com suas profissões, estudam, vão ao hospital quando adoecem e também têm seus carros e, por falar em carros, lá está a segunda menor rodovia BR do Brasil, tendo em torno de sete quilômetros de extensão apenas.

Entardecer em Fernando de Noronha

Entardecer em Fernando de Noronha

História, beleza natural, animais, belos lugares e momentos boêmios e de lazer em família. Tudo isso Noronha pode nos proporcionar e não tem como não nos impressionarmos com o cenário paradisíaco do arquipélago. Diríamos que Américo Vespúcio estava certo, não? Podemos ainda afirmar que a história recente do arquipélago está diretamente ligada à aviação, não é mesmo? Que maravilha! E só de imaginar o arrepio de uma vista panorâmica deste paraíso já nos dá vontade de pesquisar o próximo voo para lá, diga a verdade? Fernando de Noronha é um dos lugares mais belos do mundo e é de se decidir visitar antes mesmo de conhecer o exterior. O mundo conhece Fernando de Noronha, o mundo sabe do potencial turístico das ilhas e as acrescentam às suas listas de próximos destinos. E quanto a nós, que tal já irmos pesquisando os voos disponíveis para o nosso período de férias?