Primeira unidade do H-36 Caracal operacional já está com o Esquadrão Falcão (1º/8º GAV)

A Força Aérea Brasileira (FAB) concluiu o processo de recebimento da primeira unidade do helicóptero H-36 Caracal na versão operacional. A aquisição é fruto do projeto H-XBR, que envolveu a Marinha, Exército e Aeronáutica na compra de 50 helicópteros. O contrato prevê a montagem de unidades no Brasil através da Helibras, cuja fábrica fica em Itajubá (MG). Com essa última remessa de 2015, que, além da aeronave da FAB, também entregou duas unidades operacionais ao Exército Brasileiro, o projeto já equipou as Forças Armadas com 22 helicópteros.

A versão operacional da FAB, que já está sendo operada pelo Esquadrão Falcão (1º/8º GAV), em Belém (PA), traz uma potencialidade inédita para a Aviação de Asas Rotativas no Brasil e ainda pouco comum inclusive no cenário mundial: o H-36 possui sistema de reabastecimento em voo. Isso vai permitir uma maior capacidade de atuação da aeronave, pois sua operacionalidade fica, agora, restrita à fadiga da tripulação. Para tornar possível esse tipo de manobra,  Sargento Jonhson/Cecomsaero cargueiro KC-130 já está sendo adaptado para funcionar como reabastecedor de helicóptero e realizou seu primeiro voo em fevereiro deste ano.

A nova unidade do Caracal também está equipada com um moderno sistema de autodefesa, o EWS (Electronic Warfare System), capaz de detectar mísseis teleguiados e acionar chaff e flare – dispositivos que “enganam” o sistema do armamento e protegem a tripulação.

 

 

 

Fonte e Fotos: FAB