Modelo será apresentado na esteira da nova regulamentação sobre o uso comercial de drones no Brasil, aprovada recentemente pela Anac 

Primeira empresa especializada na comercialização e na manutenção de drones no Brasil, a Drone Store lança no mercado nacional o novo Agras MG-1S, voltado ao setor agrícola. O modelo será apresentado na terceira edição da DroneShow Latin America, em São Paulo. Alec Enciso, sales manager agro da chinesa DJI, líder global na fabricação de drones, marca presença no evento. Enciso é referência mundial no uso de drones no setor agropecuário. O lançamento do Agras MG-1S acontece entre os dias 09 e 11 de maio, no Centro de Convenções Frei Caneca, capital paulista, na esteira da nova regulamentação sobre o uso comercial das aeronaves remotamente pilotadas, aprovada recentemente pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

O Agras MG-1S possui sistema de pulverização e sensor de fluxo que asseguram operações precisas no campo. O Agras MG-1S conta com o novo A3 Flight Controller, além de um sistema de detecção de radar que fornece confiabilidade no voo. É um modelo de alto desempenho, capaz de oferecer soluções abrangentes para cuidados agrícolas.

Distribuidora oficial no mercado interno da DJI, que detém 70% do market share global, a Drone Store, única assistência técnica autorizada pela fabricante no Brasil, também vai expor na DroneShow 2017, que reunirá a cadeia produtiva do mercado de drones, os modelos Inspire 2 (destaque na feira e na loja), Phantom 4 Pro, Mavic Pro. Logo na abertura da feira, no dia 09, a empresa realizará uma palestra de apresentação dos equipamentos DJI, às 19h, no auditório. O evento será aberto ao público. Ao longo dos três dias do evento, a Drone Store ainda fará demonstrações ao vivo com os modelos de drones apresentados.

Outra novidade serão os cursos do braço de educação da Drone Store especializado em treinamentos e capacitações (palestras, workshops elive experiences in company), voltados a profissionais e empresas que almejam atuar no mercado de drones, além de escolas e universidades. Dentre as regras da nova regulamentação da Anac estão tanto a exigência de licença quanto de habilitação do órgão governamental para o controle de equipamentos que tenham mais de 25 quilogramas.

Organizado pela MundoGeo, a DroneShow Latin America 2017 reunirá cerca de 40 expositores e 70 marcas que apresentarão as novidades do setor. Em paralelo à feira, acontecem cursos, seminários e debates que enriquecem a discussão sobre as melhores práticas de uso de drones para fins corporativos. A compra de ingressos antecipados e as inscrições, com desconto, para as atividades paralelas podem ser feitas no site do evento: www.droneshowla.com.br

Representantes da Anac e do DECEA (Departamento de Controle do Espaço Aéreo) estarão à disposição durante os três dias do evento para esclarecer dúvidas e, principalmente, explicar o passo a passo para que toda a cadeia produtiva (fabricantes, prestadores de serviço, pilotos, importadores e outros usuários de drones com fins profissionais) esteja a par dos trâmites necessários para legalizar 100% as operações.

“Com a regulamentação, será possível que empresas já estabelecidas no mercado agreguem novos serviços e expandam a atuação, assim como vai absorver também novos entrantes. Contudo, como haverão parâmetros para operação, acontecerá uma seleção natural de fornecedores priorizando a qualidade dos serviços e confiabilidade das operações”, destaca Luís Guimarães Neto, CEO da Drone Store.

Além da regulamentação, a programação do DroneShow 2017 também irá abordar temas ligados a empreendedorismo, tecnologias e robótica, além de formação de pilotos, demonstrações de voos com manobras e mini-corridas. Ainda estarão em pauta seminários e cursos nas áreas de agricultura, mapeamento, questões ambientais, segurança e defesa, transportes, mineração, infraestrutura, serviços de emergência, gestão pública e entretenimento. O evento reunirá pesquisadores, especialistas, usuários, estudantes, empresários e tomadores de decisão do mercado latino americano.

Prêmio DroneShow 2017 – A Drone Store está no Top 3 do Prêmio DroneShow nas categorias “Melhor Empresa Trabalhar” e “Empresa Mais Lembrada” (Presença Online). Os vencedores serão revelados em solenidade no dia 10 de maio, durante os eventos do MundoGEO#Connect 2017, também no Centro de Convenções Frei Caneca. O Prêmio DroneShow 2017 irá reconhecer os melhores profissionais, empresas e projetos do setor.

Setor – O mercado brasileiro de drones tem conseguido crescer e até dobrar o faturamento, mesmo sob o impacto da maior recessão econômica da história do país. Mapeamento recente das empresas do setor, feito pela MundoGeo, aponta que, das mais de 700 empresas presentes em todos os estados brasileiros, 60% ficam nas cidades do interior e 40% nas capitais. 80% delas foram criadas há dois anos e média de crescimento de 30% para 2017.

Formado por importadores, fabricantes e prestadores de serviços, sobretudo de pequeno e médio portes, o mercado é pulverizado em diversos players, uma característica recorrente na área de tecnologia. Mesmo em crescimento, as empresas ainda estão focadas principalmente em aplicações nas áreas de engenharia, agropecuária e segurança.

“Quem pretende atuar no setor deve ficar atento às tendências internacionais e exercitar a criatividade quanto aos tipos de serviço que os drones podem realizar, já que atualmente o uso comercial dos equipamentos se limita a substituir outros objetos voadores, como aviões e helicópteros, em monitoramento e filmagem de grandes áreas”, pontua Luís Neto Guimarães.

Projeções – O mercado de drones deve ganhar impulso a partir deste ano, segundo o Gartner. A consultoria projeta aumento na receita global de 34%, atingindo mais de US$ 6 bilhões em 2017, podendo chegar a US$ 11,2 bilhões até 2020. Serão 3 milhões desses dispositivos produzidos e vendidos no ano, um número 39% maior em comparação a 2016. Na próxima década, de acordo com projeções da ABI Research, o setor crescerá 32% por ano em média, atingindo US$ 30 bilhões.

Drone Store – Fundada em 2013, a Drone Store conta com mais de 5000 clientes em quatro anos de operação, atendendo em loja física e online, com distribuição em todo o país. Dentre os clientes estão organizações dos setores de construção civil, agropecuária, infraestrutura, audiovisual e educação, além de outros. Entre os modelos mais comercializados pela Drone Store, que também presta assistência técnica, estão o Phantom 4 Pro, Mavic Pro e o Inspire 2.

A empresa é liderada por Luís Neto Guimarães, empreendedor que começou a atuar no mercado de drones em 2010. Na época, Guimarães adquiriu um aparelho por R$ 15 mil e logo percebeu o potencial do mercado, chegando a ter um vídeo publicado pelo New York Post. Hoje, o empresário se dedica à comercialização e à manutenção dos aparelhos, além da realização de cursos e treinamentos para utilização de drones em todas as áreas.