A opção de construir uma aeronave por meio de kits, ainda é o mais adequado para quem quer ter sua própria aeronave, embora não tenha caído no gosto do brasileiro.

Por Jardel Leal

Como todos nos terráqueos sabemos, o custo de voar tem aumentado consideravelmente ao longo das últimas décadas, mas muitos ainda sonham em ter sua aeronave particular. Comprar um novo avião pronto de fabrica é muito caro. Aeronaves construídas em fábricas tem um número de custo interno associados com eles. Comprar uma aeronave usada seria uma boa opção, mas, não deixando mencionar o fato de que não importa o quão profundo se faça a inspeção de pré-compra é, o novo proprietário que arcará com possíveis problemas no futuro, que sempre vem.

Para algumas pessoas, construir e pilotar sua própria aeronave é uma experiência incrível e satisfatória. E em muitos países, assim como aqui no Brasil é permitido pela lei fazê-lo. E por isso decidir falar um pouco sobre isso para aqueles que gostariam de construir sua própria aeronave, independente do seu gosto, que pode ser um avião, giro, helicóptero, trike, paramotor, etc…. Os resultados são extremamente gratificantes tanto para você quanto para sua família.

Você pode também optar por um projeto a partir de plantas, aí deve levar em conta, que terá que fazer tudo a partir do zero, deste os gabaritos, peças etc.. A vai depender do seu tempo e habilidades manuais, e ainda corre um grande risco de você não voar, então a melhor opção é a seguir:

Construção por meio de kits.

Popularmente conhecidos com homebuilts nos EUA se tornaram uma febre na aviação mundial, podendo ser encontradas em muitas rampas de aeroporto no mundo todo. Tudo levando em conta os custos, sendo que com um  investimento bem inferior a aeronave de fábrica, podemos voar aeronaves com  desempenho e  preços que simplesmente não existem no mundo de  certificados.

Vários fatores importantes fazem a diferença entre um projeto de aeronave bem sucedido  e uma pilha de peças no canto da oficina.

Escolha sua aeronave com clareza

Provavelmente, o maior fator que afeta o sucesso de um projeto acontece antes da primeira peça ser fabricada.

Começar um projeto de uma aeronave é uma decisão muito grande e estas decisões, devem ser feita com uma mente clara, após uma cuidadosa reflexão. Potenciais construtores escolhem um avião apenas pela emoção, beleza ou ao simplesmente vendo  vídeos e fotos na internet, assim alimentando o sonho de ter algo que é tão legal. Tomar esta decisão com base nestes fatores é como puxar o gatilho, ou seja, pedir para que algo dê errado.

Decidir sobre a isso é surpreendentemente difícil. Ela te exige fazer um auto exame honesto, e às vezes doloroso. Todos nós gostaríamos de voar como os maiores azes da aviação mundial, mas não é assim a realidade.

Um dos kits disponíveis no mercado

Hoje é possível construir uma variedade de tipos de aeronaves em casa, tanto asas fixas como rotativa, de alta velocidade ou baixo stoll, longo alcance ou grande altitude, tipo da construção, levando em conta suas habilidades, que pode ser dos amis simples aos mais complexos, como o tubo e tela, chegando ao composite. Por isso é uma decisão difícil de tomar e chegar a uma verdadeira ideia de como um avião irá atendê-lo, melhorar a sua vida e ampliar a sua capacidade de fazer o que você realmente gosta de fazer.

Uma vez que sua realidade esteja definida, é hora de escolher que aeronave construir e quando escolhido o modelo, é hora de pesquisar sobre ele. Procure informações em tudo, revistas, sites, pesquisar a empresa por trás do projeto do avião, conversar com pessoas que estão construindo o modelo, não é difícil conseguir um construtor para falar sobre seu projeto e dê uma boa investigada nos relatórios de acidentes. Isso também é muito importante, pois se optar por um projeto que nunca saiu da planta, onde peças e apoio não estão disponíveis, é uma experiência desanimadora e sai muito caro.

Tempo Disponível

Muitas pessoas aspirantes a construtor pensam que um projeto não requer tanta dedicação, esforço e tempo, mas digo que sim, leva um bom tempo e tem que ter muita força de vontade e perseverança. Construir uma aeronave, do modelo que seja, irá exigir de você um trabalho constante e consistente de horas por um longo período.

O fator tempo é uma razão de muitos projetos levarem décadas para serem concluídos e também pode levar o fim do projeto, o que é comum aqui no Brasil, pois aqui não temos o espirito aeronáutico homebuilt como os americanos, por exemplo, é muito fácil acharmos projetos abandonados nas oficinas por todo país. O melhor caminho para concluir uma tarefa dessa magnitude é trabalhar em uma peça de cada vez, evite pular as etapas do projeto fazendo as mais fáceis, pois isso irá atrasá-lo muito mais, porque que depois terá que voltar pra trás para executa-la, procure saborear cada feito, tirar fotos e compartilhar com amigos e construtores, que com isso vem mais incentivo para continuar e não desanimar no meio do caminho. Um construtor terá que gastar, de forma realista, de 15 a 20 horas por semana, todas as semanas, para ver até mesmo um avião relativamente simples de conclusão em uma quantidade razoável de tempo. Mesmo para os construtores mais dedicados, as maiorias dos projetos podem levar de dois a quatro anos, mas no caso da maioria, poderia facilmente levar cinco a 10 anos até o primeiro voo.

Outro fato importante que você deve prever antes de iniciar a empreitada é o espaço disponível e a acessibilidade para construir sua aeronave, caso não tenha seu próprio hangar, fato também comum na aviação experimental, já que estamos falando de homebuilts (construídos em casa).

Na maioria dos casos, uma garagem para dois carros é suficiente ou qualquer outro lugar, desde que tenha espaço para armazenar as maiores peças acabado, como a fuselagem e asas.

É possível montar sua aeronave em uma espaço não muito grande como esse.

As maiorias das pessoas imaginam construir sua aeronave em algum hangar no aeroporto mais próximo de sua casa, mas na realidade, hangares são os piores lugares imagináveis ​​para se construir uma aeronave de forma amadora ( rsrs), eles estão sempre mais quente do que uma sauna no verão e mais gelado que um freezer no inverno, pergunte que já fez…  Pense que o espaço que irá construir sua aeronave e passar longos períodos e às vezes fazendo algum esforço físico, deve ser o mais confortável. Pense também em investir um pouco em conforto, tais como controle de temperatura, boa iluminação, uma bancada na altura certa, piso claro e de fácil limpeza, tudo isso contribui para o andar da construção.

Onde irá construir sua aeronave é um ponto difícil de definir, já que, se for na sua garagem, terá que deixar seu carro para fora, o que não é uma boa ideia. Já tivemos notícias que construtores fizeram suas aeronaves nos mais inusitados cômodos da casa, como e salas de está e depois tiveram que derrubar as paredes para tirar o avião pra fora, por isso tudo tem que previsto.

Depois de tudo isso analisado e definido, chegamos ao X da questão: Quanto em dinheiro investir no projeto, lembrando que uma aeronave só voa se você tiver dinheiro para isso.

Diferente do tempo, a grande questão é dinheiro.

Quanto custa, de forma realista, construir uma aeronave? Não existe um número exato para isso, mas falando de homebuilt, em especial, kits para ultraleves básicos, podemos chutar algo perto de R$ 50.000 a R$ 65.000, já que a média de custa de um kit gira em torno dos R$ 35.000, aqui no Brasil, citando por exemplo o Starfox V5 Tanden, aí você soma pintura, motor a mais algumas coisinhas que sempre aparece, o valor chega bem perto  dos R$ 50.000,. Aí você pensa que com este valor já dá pra comprar um usado voando, mas é como eu disse acima, usada é usado, não é novo e não se pode comparar. Mas cada caso é um caso, pode ser que seu custo seja muito menor, não existe limites mínimos ou máximos.  Pode que você encontre um amigo que desistiu e vende a custos simbólicos ou pegar uma grande promoção de uma fabrica que esta fechando, o que não é raro aqui no Brasil. Mas acima de tudo é importante ter os recursos para ver o projeto ir pra frente.

Outra boa alternativa é você ir comprando sua aeronave por partes, na Aviação BR, representante da Zenit no Brasil, você pode começar a construir o seu Stol pelo leme investindo algo em torno de R$ 2.000, e assim por diante. Já na Aerotec você pode comprar todo o kit da fuselagem do kit Fox por algo em torno dos R$ 15.000, kit este que em minha opinião é o melhor e mais acessível homebuilt do Brasil, pois já é um avançado, fácil de construir, seguro, tem alguns milhares voando no mundo todo, pode ser equipado com uma variedade de motor, dá para fazer o acabamento dos sonhos dos brasileiros e dependendo do motor escolhido, a sua construção final fica bem abaixo dos valores mencionados acima e ainda por terem suas asas dobráveis, podemos guardar em nossa garagem sem problemas.

O controle de custos começa com a mesma ideia que a escolha inicial da aeronave. Novos fabricantes e novas aeronaves surgem a todo o momento e eles querem vender, e cada um equipa suas aeronaves com tudo o que um comprador poderia concebivelmente desejar. Um construtor amador, se ele fizer sua lição de casa direitinho, ele sabe exatamente o que ele precisa. Se a missão não inclui voo IFR, não há necessidade de instrumentação IFR . Não vai voar à noite, pode economizar no conjunto de luz. Apenas, siga as normas e exigências da legislação, veja o que é obrigatório e deixe o desnecessário pra depois.

Outro ponto importante são suas habilidades, pois são elas que definirão o sucesso ou fracasso do seu projeto.

Tem pessoas que nunca usou uma furadeira, rebitou , soldou ou pintou algo na vida e atingiram sucesso na construção de sua aeronave, que na cabeça de muitos é algo muito complexo.

De acordo o site da Abraex (Associação Brasileira de Aviação Experimental) alguns veteranos da Construção Aeronáutica Amadora dizem que se você é capaz de abrir uma lata de conserva com um abridor, você é capaz de construir um avião. Mas como eles mesmos dizem, “Não chegamos a tanto, mas se você é ou já foi um aeromodelista, já praticou marcenaria, é um mecânico profissional ou amador capaz de desmontar e montar um motor de Fusca, então, com certeza você têm as habilidades básicas necessárias para construir o seu avião. E se ainda não desenvolveu nenhuma destas atividades, mas é uma pessoa caprichosa e habilidosa, então você também tem o básico necessário. E se ainda não fez nada disso, mas tem vontade e determinação para aprender, certamente obterá a qualificação necessária”.

Realmente não é tão complexo como muitos pensam, mas alguns conhecimentos básicos são primordiais para tal. Aeronaves experimentais em si, tem que serem dispositivos mecânicos simples com controle puramente mecânicos, sistema elétricos básicos, nada disso é difícil de entender ou construir. Um motor de avião típico, por exemplo, leva algumas mangueiras, e fios para funcionar. Pode requerer um pouco de estudo, mas não há nada em um pequeno avião que não pode compreender.  Além de como falei antes, há uma infinidade de fontes de pesquisa hoje com a internet, associações, revistas e outros construtores.

Mais um fator importante na construção de uma aeronave: Apoio

Você poderá passar horas solitárias e longe da família e apoio deles é essencial. Devido o tempo e dinheiro dispendido num projeto deste, a falta do apoio da família, pode ser um fracasso imediato e pode levar a um fim trágico para o construtor, como fim do casamento e separação da família e nenhum de nós quer isso, cada coisa no seu lugar. Geralmente as mulheres acham que você gasta todo seu dinheiro e tempo no seu avião e você tem que convencer ela o contrario, e caso não consiga, você terá uma construção muito conturbada, se não acontecer algo pior. Relatos de divórcio a no mundo todo. “Ele me trocou por aquele maldito avião” rsrsrs….

Alguns têm uma estratégia simples: Antes de começar a construção, propor e perguntar  para esposa  tudo o que precisa ser feito, uma reforma na casa, quintal, carro, o que ela mais quer. Então, como a lista será grande, faça o que puder e terá ela como parceira, na maioria dos casos funciona. Convide sua família para participar da montagem, formem uma equipe, onde todos os envolvidos se sintam felizes com o tempo gasto para realizar o trabalho. Isso será muito mais prazeroso na hora de voar!

Com tudo isso acertado, vamos falar dos Kits

A única razão para o crescimento de aviões homebuilt  no mundo todo inclusive no Brasil é o desenvolvimento de aeronaves em forma kit.

Os pioneiros homebuilt eram do tipo built-zero, onde você compraria um conjunto de peças junto à planta para o avião de sua escolha e fazia o trabalho completo para fazer as peças e ferramentas para fazer os subconjuntos que um dia se tornariam um avião. Um trabalho fenomenal e muitos foram feitos nesta metodologia.

Hoje em dia, a grande maioria das aeronaves amadoras, é construída a partir de kits pré-fabricados.

Dadas às economias de escala na fabricação, o fabricante de kit pode fornecer peças prontas e de precisão para montagem ou substituição. Instruções de montagem, ao invés de apenas desenhos, podem economizar incontáveis ​​horas tentando descobrir como as peças são montadas. Com o tempo a construção reduziu significativamente,  aeronaves mais complexas e de alto desempenho estavam ao alcance de todos.

A construção de kits por particulares assim com nos EUA, aqui no Brasil vale a regra 51%, ou seja, você deve construir 51% da sua aeronave e pode comprar os outros 49% pronto ou contratar os serviços de uma empresa ou profissional. Mas os kits de montagens ultrarrápidas já velem a regra, pois já vem parcialmente prontos é só você montar, não precisará fabricar quase nada, como é o caso dos produtos da Sonex, RV,  Zenit, Kit Fox por exemplo.

A Aerotec de Jundiaí, a mais de 20 anos oferece o Esquilo (Kit Fox made in Brazil). É uma aeronave biplace lado a lado muito fácil de montar com um custo benefício excepcional, pode ser equipado com o bom e velho VW, tubo e tela, asas dobráveis e baixo custo de aquisição tanto do kit com das peças são pontos positivos. A empresa vende o kit fuselagem contendo toda a parte de aço, tudo em 4130, pronto para iniciar a montagem, sendo que as demais partes podem ser compradas a parte e conforme o decorrer da construção.

A Erres indústria Aeronáutica (www.erresaeronautica.com.br) de Caxias do Sul oferece dois modelos em forma de kit, o Alto e o Tucano Réplica, isso mesmo Tucano.

O Tucano R é uma aeronave  totalmente construída em alumínio aeronáutico, com trem de pouso retrátil eletro-hidráulico, comandos tubulares, asas trapezoidais, fuselagem semi monocoque e pode ser equipado com motores da linha Rotax de 145 hp, mas há relatos de construtores estarem planejando, após um reforço estrutural, equipa-lo com turboélices  de 180 hp. A Erres oferece também o  Alto, um dois lugares, asa baixa tipo cantilever, fabricado em alumínio aeronáutico rebitado e pode ser equipado com sistema de paraquedas balístico e atende os requisitos para a categoria Aeronaves Leve Esportiva (LSA)

Já a Starfox,(www.starfoxlsa.com.br)  que é uma das maiores fabricantes aeronaves em kits do Brasil, disponibiliza seis modelos para o cliente montar em casa e como valores a partir de R$ 34 mil e ainda parcela em 10 vezes.

Uma das aeronaves mais queridas dos homebuilts é com certeza a linha Stol da Zenit Aircraft, que é representada aqui no Brasil pela Avibras (www.aviacaobr.com.br) em Sorocaba, aqui você tem a opção de montar sua aeronave comprando por partes, como o leme por exemplo. Na Aviebas você pode comprar o kit de quaisquer umas das sete aeronaves fabricadas pela Zenit Aicraft, asa baixa ou alta, de dois ou quatro assentos. Esta aeronave fez tanto sucesso no Brasil que surgiram alguns variantes do modelo, como o Bravo da Aero Bravo (www.aerobravo.com.br) de BH e o Alto Henkel (www.altoparts.com.br) da Alto Alumínio, onde todos podem ser comprados em kit.

A Aero Bravo além do Bravo ou Bravinho como e carinhosamente chamado, oferece mais três modelos em forma de kit, o Skyranger, o Savannah e o Nynja.

Não podemos deixar de mencionar a linha RV, a mais montada no mundo.  Aqui muitas empresas especializaram ou surgiram em prol desta marca, montavam os kits e vendiam como aviões ou ultraleves, o que mostra mais uma vez a falta do espirito construtor no Brasil, mas isto é outro caso… A linha RV, pode ser encontrada na Fly Ultraleves (www.flyultraleves.com.br)

Temos aqui também a linha Sonex, pequenas maquinas que mais parecem caças de guerra, velozes e extremamente manobráveis e ainda você pode pedir o seu kit com uma turbina, já pensou em construir se próprio jatinho?(www.sonexbrasil.com.br )

Recomendo a você fazer uma visita no site da Fly Ultraleves de Goiânia. A Fly é umas concessionárias multimarcas e lá você uma grande variedade de kits. (www.flyultraleves.com.br)

Para finalizar:

Você precisará contratar os serviços de um engenheiro aeronáutico, que é uma exigência do órgão regulador no Brasil (ANAC), ele será o responsável pela construção de sua aeronave e fará toda a parte burocrática de documentação, alguns já prestam o serviço completo, como seguro.  Tenha em mente que a quantia cobrada será equivalente a quão arriscado julgam ser seu projeto, ou seja, construir uma aeronave mais comum no mercado, estes custos  pode ficar mais em conta.

Vá pilotar alguma aeronave; de preferência um modelo similar. É provável que você tenha se dedicado à construção de seu avião e não tenha tido tempo de pilotar mais nada. Isso não é bom. Vá voar, pratique muito. Não há motivo para pressa. Pratique situações incomuns e falhas no motor, pelo fato de que os pilotos frequentemente se distraem com algum dispositivo que instalaram na aeronave, e a segunda porque você nunca pousará bem um avião sem o motor.

Peça para um piloto experiente auxiliá-lo a planejar seu primeiro voo no período de testes.

Não deixe que as dificuldades o impeçam de construir sua aeronave dos sonhos, mas entenda que ser o primeiro a desenhar e construir um modelo de aeronave é difícil. Todo passo é um desafio porque nunca foi realizado antes.

Aeronaves podem ser letais e requerem treinamento, faça tudo certinhos e poderá desfrutar de algo que só os pássaros podem fazer: Voar…..

Até a próxima.