Uma equipe especial de apoio foi adicionada para auxiliar mais de 300 operadores na região Asia-Pacifico
A Gulfstream Aerospace Corp. continua a agregar recursos para operadoras na região da Ásia-Pacífico, lar da maior e mais crescente frota internacional da empresa.

“Nossa frota da Ásia-Pacífico cresceu em 25 aeronaves em 2016 e agora está bem acima de 300”, disse Derek Zimmerman, presidente da Gulfstream Product Support, que está em Xangai para a Conferência e Exposição de Aviação de Negócios asiáticos de 11 a 13 de abril. “A forte resposta do cliente aos nossos aviões nos últimos anos na região, especialmente a Grande China, resultou em nós construindo uma presença de apoio significativa lá, que melhoramos e complementamos sempre que possível. Como sempre, estamos empenhados em oferecer aos nossos clientes suporte de primeira classe em toda a sua experiência de propriedade da Gulfstream. ”
Dos 314 aviões da Gulfstream na região Ásia-Pacífico, mais de 180 estão localizados na Grande China (China, Hong Kong, Macau, Taiwan). Por conseguinte, a empresa reforçou a sua profundidade de apoio ao cliente na área, duplicando o número de representantes do serviço de campo (FSRs) em Hong Kong de dois para quatro. A Gulfstream também tem dois FSRs na China e um no Japão, Cingapura, Austrália e Índia.


“Os FSRs adicionais dão aos operadores acesso local fácil a nossa crescente rede”, disse Zimmerman. “Sua expertise técnica complementa nossa presença robusta e estrategicamente localizada na região e é um recurso que pode ser chamado 24 horas por dia, sete dias por semana.”

                                                As edições 1 a 5 também são totalmente grátis….

Na Gulfstream Beijing, o primeiro centro de serviços de aviação comercial da China, os técnicos prestaram serviços de manutenção a mais de 600 aviões nos mais de quatro anos de operação do Aeroporto Internacional de Pequim. No início deste ano, a Gulfstream Beijing foi certificada como uma organização de manutenção autorizada (AMO) pelas Ilhas Cayman, o que significa que os técnicos do local podem realizar manutenção em aeronaves registradas nesse território britânico. Eles também estão autorizados a trabalhar na maioria das aeronaves Gulfstream registradas nos Estados Unidos, China, Macau e Hong Kong.
Para sustentar sua crescente frota na Ásia-Pacífico, a Gulfstream mantém um estoque de peças de aproximadamente US $ 55 milhões estrategicamente colocado em Hong Kong, Pequim, Cingapura e Melbourne “.