Cessna Denali deverá ser um dos destaques da NBAA

    O modelo seguia o projeto básico criado pela Beechcraft antes do fabricante ser absorvido pela Textron, que já detinha o controle da Cessna e Bell.

    Modelo originalmente projetado pela Beechcraft era bastante similar ao design final apresentado pela Cessna.

    O Cessna Denali ainda está em fase de desenvolvimento, com apenas alguns dados preliminares divulgados e que devem ser confirmado na próxima semana. Por ora, o modelo será impulsionado por um novo motor GE de 1.240 shp, com FADEC e com hélice McCauley de cinco pás, com 105 polegadas de diâmetro. O payload deverá ser de 1.100 lb de payload, com velocidade de cruzeiro de 285 nós, e alcance máximo de 1.600 nm, permitindo voar sem escaladas de São Paulo para os principais aeroportos da região sul, sudeste e Centro-Oeste.

    O Denali deverá ser equipado com a suíte Garmin 3000, com funções touchscreen, mantendo a linha Cessna alinhada com os produtos Garmin, enquanto a Beechcraft passa adotar a família Pro Line Fusion.

    Outros destaques do modelo são o radar meteorológico, TAWS (Terrain Awareness Warning Systems), ADS-B (automatic dependent surveillance-broadcast) e capacidade para operar dentro das novas normas do espaço aéreo previstas para após 2020. Além disso, conta com uma ampla porta de cargas, com 53×59 polegadas.

     

    Deixe uma resposta