Avião pousa dentro da Estação Experimental do Irga em Cachoeirinha/RS

    Movimentação faz parte da 27ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz, onde a aeronave fica em exposição até sábado.

    Apesar de participar há tempos da solenidade da Abertura Oficial da Colheita do Arroz, este ano, em sua
    27ª edição, pela primeira vez o Sindicato Nacional das Empresas de Aviação Agrícola (Sindag) está com um estande no evento. E com um avião. Resultado de uma parceria do sindicato aeroagrícola com a Federação das Associações de Arrozeiros do Estado do Rio Grande do Sul (Federarroz – organizadora do evento) e a Embraer. A aeronave Ipanema 203 aterrissou na manhã desta quinta-feira (dia 15) em um dos caminhos de terra da Estação Experimental do Instituto Riograndense do Arroz (Irga) em Cachoeirinha/RS, onde ocorre a programação. O avião foi então levado por terra até o estande do Sindag, onde ficará exposto até sábado.

    Segundo o presidente do sindicato aeroagrícola, Júlio Augusto Kämpf, além de fortalecer as relações com a Federarroz, a estratégia é buscar maior exposição e aproximação com toda a cadeia produtiva e a sociedade em geral. O Estado, que é berço da aviação agrícola brasileira, tem a segunda maior frota de aviões do País. “Cerca de 80% do arroz irrigado produzido no Brasil depende da aviação para seu cultivo”, arrematou Kämpf.

    O diretor-executivo do sindicato, Gabriel Colle, se mostrou bastante empolgado com novidade acrescentada ao evento. Dois mil e dezessete, vai marcar a história do setor aeroagrícola. O ano marca porque marca o 70º aniversário da aviação agrícola brasileira e estamos promovendo cada vez mais uma aproximação com a sociedade, mostrando o quanto o avião é importante na vida de todos.

    EMBRAER

    Nesse sentido, a própria Embraer – maior fornecedora de aviões do mercado aeroagrícola nacional – também ressaltou a importância de sua presença. “Para culturas como o arroz, o avião agrícola é uma poderosa ferramenta de trabalho, que traz evidentes ganhos de produtividade e redução de perdas”, comentou Marcelo Gerulaitis, gerente da Embraer responsável pela aeronave agrícola Ipanema.

    “É uma grande oportunidade para apresentarmos o novo avião agrícola desenvolvido pela Embraer – o Ipanema 203 -, que é uma evolução do produto que é líder em seu segmento, com mais de 60% domarket share no Brasil”, completou.

    A PBA Aviation, de Cachoeira do Sul – representante da Embraer para o todo o Estado, na venda do Ipanema, também está no evento, junto ao Sindag. “Nós convidamos todos os nossos clientes para virem e praticamente todos confirmaram presença, pela facilidade de acesso”, adiantou o diretor da empresa, Pelópidas Bernardi.

    PROGRAMAÇÃO

    A Abertura Oficial da Colheita do Arroz conta ainda com estandes de máquinas e mostra de tecnologias para a lavoura – com a presença de empresas como Basf, Bayer, Syngenta e DuPont. Nos três dias de movimentação estão previstas também diversas palestras sobre novidades no manejo de lavouras, demandas e políticas para o setor orizícola.

    Além de autoridades e políticos das três esferas de governo, o evento deve espera receber 50 delegações de arrozeiros do RS, SC e de países da América Latina.

    Sobre o evento, veja mais em: www.federarroz.com.br

    Clique e leia gratuitamente todas as edições da aviação e mercado

    Deixe uma resposta