Aerie Aviação Executiva reforça atuação no segmento de helicópteros e aposta em retomada do setor

    Empresa brasileira pioneira na importação de aeronaves seminovas e usadas via Tradings e Bancos apresenta divisão especializada em compra, venda, importação e exportação de helicópteros das

    A Aerie Aviação Executiva, empresa brasileira pioneira na importação de aeronaves seminovas e usadas via Tradings e Bancos, anuncia um reforço em seus negócios. Expandindo sua atuação para além da comercialização de jatos executivos, a empresa se antecipa à retomada do setor com a oferta de compra, venda, importação e exportação de helicópteros executivos.

    A nova divisão de negócio é liderada por João Pretti Neto, piloto comercial de helicópteros e recém-associado à empresa. Para suporte técnico, manutenção e customização de aeronaves das principais famílias e fabricantes –  pistão, mono e bi-turbina, a Aerie segue em parceria com o Helipark, considerado o maior Centro de Serviços especializado em helicópteros da América Latina.

    Dados do mais recente Anuário Brasileiro de Aviação Civil revelam que em 2016 houve aumento da frota de helicópteros nas regiões Centro-Oeste (2%) e Sul (4%) do país. Para Cássio Polli, diretor da Aerie, a falta de capilaridade da infraestrutura de transportes brasileira somada aos problemas de mobilidade urbana ainda impõe desafios acolhidos pela aviação privada. “No Brasil, aeronaves para transporte privado permanecem como alternativa tanto para o alcance de regiões remotas quanto para ganho de mobilidade nos grandes centros. “, afirma Polli.

    Ainda de acordo com o levantamento, o número total de helicópteros do país recuou 1% em comparação a 2015, com queda mais acentuada nas regiões Norte (-2%) e Sudeste (-3%). Na avaliação do especialista, o câmbio favorável para exportação ajuda a explicar o movimento de saída. “Os desregistros observados especialmente nos últimos dois anos pode ser atribuído à desvalorização do real frente ao dólar, o que se mostrou uma oportunidade não somente para quem planejava a venda em busca de fôlego financeiro, como também para os interessados em renovar sua frota. “, observa o diretor da Aerie.

    O Brasil possui a segunda maior frota de aeronaves da chamada aviação geral do mundo. Atualmente, São Paulo figura em 2º lugar no ranking global de metrópoles com mais helicópteros para fins civis.

    Sobre a Aerie Aviação Executiva

    A Aerie Aviação Executiva é uma empresa especializada na compra, venda, importação e exportação de aeronaves executivas, novas e usadas. Sediada no Aeroporto de Jundiaí (SP), a empresa pioneira na importação de aeronaves seminovas e usadas via Tradings e Bancos soma mais de uma centena de aeronaves, entre turboélices, jatos e helicópteros negociados nos últimos 13 anos. Oferece assessoria completa, desde a escolha até a entrega ou transferência de título por meio de equipe técnica própria e escritório nos EUA em associação com a Fortune Jet Group, através da qual nos últimos anos também tem realizado várias exportações.

    Deixe uma resposta